Afinal o que é Teologia Sistemática

A Teologia Sistemática é a divisão da Teologia em sistemas para explicar suas várias áreas, por exemplo, muitos livros da Bíblia dão informações sobre o ministério dos anjos e unicamente para essa área tão específica, já se faz necessário um estudo sistemático. Nesse caso, a Teologia Sistemática coleta todas as informações sobre os anjos, em todos os livros da Bíblia e as organiza em um sistema chamado Angiologia. Isso é o que a Teologia Sistemática faz, organiza os ensinamentos bíblicos em sistemas e por categorias.

TEOLOGIA-SISTEMATICAX (1)

A Teologia Sistemática é uma ciência que existe para expressar a necessidade de conhecer a Deus através da Bíblia. Lógico que também existem bons livros, mas os especialistas insistem que todo conhecimento teológico precisa ser baseado na Palavra de Deus, caso contrário pode cair em equívocos doutrinários que são perigosos. É necessário entender que Deus pode ser conhecido, porque se afirmarmos que Deus não pode ser conhecido, seria inútil ler a Bíblia, orar, ir à igreja e ter comunhão com os irmãos.  No entanto, o limite para conhecer a Deus é a Bíblia Sagrada. Por isso será um exercício intelectualmente inútil tentar descobrir por conta própria como será o céu e o inferno, por exemplo. De igual maneira, não somente seria inútil, seria pecaminoso, porque estaria indo além do que Deus já revelou e tentar restringir Deus à nossa limitada compreensão é cair nesse pecado.

A Teologia Sistemática busca conhecer ao Senhor e os filhos de Deus são chamados de cristãos, ou seja, seguidores de Cristo, por isso é necessário que o cristão faça, diariamente, uso da Teologia e seus ensinamentos.

O estudo da Teologia Sistemática não é uma teoria inatingível, é para a vida prática, por exemplo, diante de um chefe que pede que você minta, se analisamos o pedido e o comparamos com o que diz a Palavra de Deus, não devemos fazê-lo, mesmo que nossos colegas de trabalho e faculdades nos perguntem sobre porque o Deus do cristianismo nos impõe tantas regras. E quando nossos parentes nos perguntam se um falecido vai ou não vai para o céu e temos que lhes dar uma resposta segundo a Palavra. No trânsito estressante ou na fila do banco, com sua chateação peculiar, devemos saber e lembrar que a Bíblia nos diz para não ficarmos irados e, se ficarmos, que não pequemos, isso está escrito em no livro de Salmos 11. Ou seja, em absolutamente todas as situações da vida cotidiana, o cristão precisa saber o que a Bíblia diz para corresponder a Ela à altura de uma vida dignamente cristã. Se considerarmos a Palavra de Deus como verdade, devemos seguir essa verdade e não podemos desprezar o seu estudo.

Portanto, a Teologia Sistemática, que engloba também vários ramos como a teologia doutrinal, a teologia dogmática e a teologia filosófica, é uma ciência específica da teologia cristã que tem a função de formular uma descrição ordenada, sistemática, racional e coerente, tanto da fé como das crenças e doutrinas cristãs já estabelecidas como dogmas. A Teologia Sistemática reúne as devidas informações extraídas da pesquisa propriamente teológica, organizando-as em áreas afins, explica as aparentes contradições, que são bastante comuns devido as muitas traduções das sagradas escrituras e com isso, fornece um grande sistema explicativo completamente diferente da teologia histórica ou da teologia bíblica, por exemplo. A Teologia Sistemática está muitas vezes associada  à apologética cristã, que serve muito bem para o confronto teológico entre diferentes religiões e heresias.

Sendo assim, a Teologia Sistemática serve, basicamente, para defender a doutrina da confissão cristã em causa das possíveis contradições e confrontos entre outras religiões com a doutrina teológica.